automotiva

Automotores Leves / Pesados

A linha de graxas e lubrificantes para a Indústria de Automotores Leves / Pesados apresenta um grande escopo de produtos destinados à lubrificação das mais diversas partes e peças de veículos de passeio, utilitários, motocicletas, ônibus e caminhões, tendo como propósito contribuir para o pleno funcionamento do veículo, proporcionando conforto e segurança ao dirigir. Para a fabricação dos veículos, estes lubrificantes são destinados à aplicação em robôs e equipamentos utilizados em toda a linha de produção.

Os produtos desta linha são desenvolvidos com especificidade para a atuação destinada, considerando-se: as superfícies de contato às quais a peça será submetida (plástico – plástico / plástico – metal / elastômeros / metais não ferrosos), a lubricidade ideal, a necessidade de proteção contra corrosão e oxidação, a resistência à água e às mais adversas condições térmicas (umidade, temperatura, salinidade), resistência a extremas pressões e temperaturas, além da necessidade da redução de ruídos.

Graxas e lubrificantes ideais para:

Sistemas mecânicos: engrenagens, rolamentos e mancais, atuadores manuais e eletrônicos, no interior do veículo e na carroceria.

Chassis / direção / freios: rolamentos de embreagens, juntas universais, atuadores, freios, coluna da direção, rolamentos da roda, eixos de transmissão, cilindros de freio.

Sistemas elétricos: lubrificação dos contatos elétricos, cabos, chave de ignição, e outros componentes elétricos, protegendo contra umidade, água, oxidação, formação de camadas de impurezas e a ocorrência de faíscas elétricas, com opções para diferentes correntes elétricas.

Interior do veículo: redução de ruído e fricção de componentes do interior do veículo, como porta-luvas, encostos para braço, consoles, cinzeiros, tetos solares, mecanismo do câmbio, saídas de ar, porta-copos, bancos (deslizamento, reclinamento e ajuste de altura), cinto de segurança, dobradiças e travas, janelas e portas.

A aplicação de produtos especiais pode trazer um maior tempo entre paradas de maquinas e um aumento na produtividade do equipamento, além de economia em manutenção e energia elétrica.